Sindicato pede reabertura dos buffets no ABC

Compartilhe

Trago boas notícias para cidades do ABC paulista! Na semana passada, o Sehal (Sindicato das Empresas de Hospedagem e Alimentação do Grande ABC) protocolou uma ação judicial contra o governo do Estado de São Paulo para permitir a reabertura dos buffets na região.

Segundo o sindicato, o pedido é uma das ações que a entidade vem tomando após se reunir com empresários, donos de buffets e autoridades nas últimas semanas.

“Não é mais possível esperar de braços cruzados para que alguma autoridade compreenda que a situação dos buffets é crítica”, disse Wilson Bianchi, presidente em exercício do Sehal.

Ainda segundo Bianchi, é urgente que os buffets retomem suas atividades. “Muitos não conseguirão esperar mais nem um dia pela abertura. A quebradeira será generalizada se não fizermos alguma coisa. Lutaremos com todas as armas que temos, mas não vamos aceitar passivamente a injustiça que tem sido feita com o segmento”, afirmou o presidente em exercício do Sehal.

A expectativa do sindicato é que a ação auxilie as empresas de eventos do ABC. “Havia uma expectativa de que o governo recuaria, mas diante de tantas promessas não cumpridas, resolvemos ingressar com o mandado de segurança pedindo ao Poder Judiciário que socorra as empresas de festas e eventos através de uma liminar”, explicou Denize Tonelotto, advogada do Sehal.

Protocolo de abertura

Nas últimas semanas, o Sehal organizou encontros com donos de buffets e criou um protocolo de abertura que contempla os procedimentos sanitários, de segurança e higiene como distanciamento, redução da capacidade de atendimento, máscara e protetor facial de acrílico para funcionários e disponibilização de álcool gel, entre outros.

Além disso, recentemente realizou, durante três dias, um workshop em parceria com o Grupo Betel Segurança dos Alimentos e Treinamentos para preparar os empresários do setor de festas para a reabertura. O evento contou a participação de aproximadamente 120 pessoas.

Bianchi reafirmou o compromisso com os empreendedores e gestores de buffets e casas de festas. “Precisamos proteger as empresas e empregos, especialmente porque temos no ABC cerca de 700 empresas do segmento que devem gerar cerca de 13 mil empregos diretos e indiretos. Portanto, a sobrevivência dessas empresas tornou-se vital para nossa região, e seguiremos lutando por elas”, destacou Bianchi.

Não quer perder nenhuma novidade sobre o setor de festas? Então, siga a Oni no Facebook e no Instagram. Além disso, explore o conteúdo exclusivo do nosso blog!

Mais conteúdos

marketing digital para buffets em 2024
Marketing Digital

Tudo sobre Marketing Digital para Buffets

Tudo que envolve Marketing Digital e seus conceitos já foram muito falados na internet nos últimos anos. No entanto, a maioria dos conteúdos aborda esse assunto de forma ampla e boa parte das pessoas não sabe como aplicar esses conhecimentos na sua própria realidade. Por isso, neste artigo iremos mostrar tudo que você, gestor de

Gestão

Tendências promissoras para casas de festas e buffets em 2024

Descubra as principais tendências de 2024 para casas de festas e buffets, desde experiências personalizadas e sustentabilidade até tecnologia imersiva e temas exclusivos. Eleve seu negócio com inovações que prometem revolucionar o setor. À medida que entramos em 2024, o cenário de casas de festas e buffets continua a evoluir, trazendo consigo novas e emocionantes

Saiba como a Oni pode ajudar o seu buffet

veja os nossos recursos