Tempo de leitura 6 minutos

Você não abriu seu buffet pensando em fracassar, certo?! Afinal todo tempo tempo, dinheiro e esforço investidos merecem um retorno satisfatório.

Mas para garantir que seu negócio dê esse retorno você deve gerenciar seu buffet de forma eficiente.

E para te ajudar nisso listamos os 6 principais erros que podem ser cometidos na gestão de buffets para que você fique bem longe deles.

Confira logo abaixo quais são esses erros e depois deixe seu comentário contando que achou desse post.

1) Não ter um planejamento e controle financeiro

Você sabe quanto seu buffet fatura por mês? Ou qual o valor dos seus gastos mensais? Para onde foi o dinheiro? Qual sua margem de contribuição? Possui uma reserva financeira para situações inesperadas?

Se você respondeu não a  pelo menos uma das perguntas, você está cometendo um terrível erro: não ter um planejamento e controle financeiro!

E isso não é nada bom. A falta de controle financeiro é a motivo de grandes prejuízos para as empresas, levando até mesmo à falência.

Segundo o Sebrae, 7% das empresas que encerraram as atividades em menos de um ano fecharam por falta de lucro e 20% por falta de capital.

Além disso, aproximadamente 50% dos pequenos empresários brasileiros não sabem precisar se têm lucro ou prejuízo. Por isso é tão importante elaborar um planejamento e ter um controle financeiro.

É fato que não é algo tão simples, mas nem por isso você deve deixá-lo de fazê-lo. Isso porque ele é de grande importância para a gestão de buffets.

Com ele vai conseguir organizar o pagamento de contas, economizar dinheiro e até tomar decisões importantes sobre investimentos.

O primeiro passo que você deve dar para elaborar o planejamento financeiro do seu buffet é separar as receitas, as despesas fixas e variáveis.

Considere como receita todo dinheiro que entre no seu caixa. Não deixe de anotar nenhum valor recebido pelo pagamento dos seus serviços.

Classifique como despesas fixas aquelas que já fazem parte da sua rotina de pagamentos, como salários dos funcionários, conta de água, luz e telefone.

Já as despesas variáveis são aquelas que os gastos que são imprevisíveis, como alimentos e produtos em geral, já que seus preços estão sujeitos a influências econômicas e climáticas.

E para garantir que seu planejamento funcione, é fundamental ser disciplinado e registrar todas as transações.

Por mais simples que seja a despesa ou a receita, nenhuma movimentação financeira deve ficar de fora.

Para isso você pode utilizar planilhas ou softwares adequados que possam oferecer o suporte necessário para suas anotações e cálculos.


Download Gratuito - Modelo de Fluxo de Caixa Simplificado

Pronto para imprimir


 

E não pense que é apenas anotar o quanto ganha e gasta. O mais importante é analisar os resultados. É compreender onde o dinheiro está sendo gasto e quais são os reais lucros obtidos.

Para isso é preciso fazer relatórios, usando sua planilha ou um software. Desta forma você vai  conseguir identificar as principais despesas e as contas desnecessárias.

Assim terá ideia de como seu dinheiro está sendo gasto e poderá fazer mudanças, se achar necessário.

E um erro que você de forma alguma pode cometer na hora de fazer seu planejamento financeiro é misturar suas finanças pessoais com as da empresa.

Esta é uma falha comum em muitas buffets e as consequências são péssimas. Pois compromete toda a operação financeira do seu buffet.

2) Não ter controle de estoque

Esquecer de controlar o que entra e sai do seu estoque é um dos piores erros de gestão que você pode cometer.

Afinal, assim como não ter um bom planejamento financeiro, deixar de fazer o controle do seu estoque vai fazer com que você perca dinheiro. E não é isso que você quer, certo?!

Por este motivo, você precisa ter um controle do estoque do seu buffet. Desta forma, vai garantir que não falte matéria-prima para a produção dos pratos em seus eventos.

Além disso, quando se tem um bom controle de estoque você diminui o desperdício de alimentos.

Para isso você poder fazer uma planilha no Excel com os produtos que estão no estoque, colocando as datas de vencimento e a quantidade de cada item.

Lembrando que é fundamental manter a planilha atualizada e conferir regularmente a validade dos produtos.

Você também poderá usar essa planilha quando for fazer a lista de compra do seu buffet. Isso vai evitar que compre alimentos já estocados.

E, para facilitar o controle do seu estoque vale a pena investir em um software de gestão de buffets. Além de te ajudar no controle dos seus produtos, ele também vai otimizar seu tempo.

3) Não capacitar a equipe

Você não pode alcançar o sucesso do seu buffet sozinho. Para isso você precisa de toda sua equipe. Por este motivo é essencial capacitar seus funcionários.

O primeiro passo para treinar sua equipe é estar qualificado. Um bom gestor deve buscar constantemente capacitação, para então exigir de sua equipe bons resultados.

E você pode conseguir isso por meio de cursos online, vídeos aulas e conteúdos. O site do Sebrae pode te ajudar com isso.

E após se qualificar, compartilhe o que aprendeu com seus funcionários por meio de rodas de conversas e mini-palestras.

Para isso, você pode elaborar um cronograma e incluir treinamentos frequentes para que sua equipe se desenvolva continuamente.

E lembre-se de sempre manter seus funcionários motivados. Esteja acessível para ouvir sugestões de treinamentos e ideias para implementar na empresa.

Com uma equipe qualificada e motivada seu buffet vai sempre entregar um serviço de qualidade aos seus clientes.

4) Não ter um boa relação com seus clientes

Ok, seu buffet pode ter o melhor planejamento financeiro, um ótimo controle de estoque e uma equipe super capacitada. Mas saiba que isso não é suficiente.

Com a concorrência no ramo de buffet acirrada, você deve buscar sempre fidelizar seus clientes. E você poder fazer isso por meio de um bom atendimento.

Por este motivo sua equipe deve estar bem treinada e motivada, principalmente os garçons, para que os convidados tenham uma ótima experiência e fiquem encantados.

Além disso, é importante entender que um bom atendimento antecede ao dia do evento. Você deve atender de forma cordial desde  o primeiro contato do cliente com o seu buffet.

Por isso, é fundamental ser acessível e estar disponível para tirar dúvidas e para esclarecer os serviços que seu buffet oferece.

Isso porque quando você fica disponível, seus clientes passam a ter mais confiança. O que faz com que sempre que precisarem, procurem seu buffet primeiro.

E para facilitar essa comunicação, você pode usar redes sociais, como Facebook e Instagram, ou aplicativos de mensagens, como o WhatsApp comercial.

Uma dica é utilizar um software que possibilite que você unifique seus canais de comunicação em um só, escolhendo aquele que corresponda melhor às suas necessidades.

E por fim, para ter um bom relacionamento com seus clientes, você deve precisa saber o que eles pensam sobre seu buffet.

E a melhor maneira de conseguir isso é fazendo uma pesquisa de satisfação. Desta forma, você vai conhecer a opinião dos convidados e entender o que eles esperam do seu buffet.

5) Não usar redes sociais

Não usar redes sociais para divulgar os serviços oferecidos pelo seu buffet é um erro grave.

Isso porque as redes sociais se tornaram um meio de comunicação e uma importante ferramenta de divulgação de negócios.

Com elas você pode anunciar seus serviços, conquistar novos clientes, melhorar o relacionamento com o público-alvo, acompanhar seus concorrentes e divulgar promoções do seu buffet.

Então se ainda não tem, crie já sua página no Facebook e no Instagram. E se você não tem conhecimento técnico para isso, busque a ajuda de um profissional.

Afinal, criar uma página sem nenhum planejamento estratégico é pior do que não ter nenhuma!

E depois, com um bom planejamento, comece a investir em anúncios pagos para divulgar os serviços do seu buffet.

Mas não para por aqui. É importante que você interaja com seu público. Não demore para responder as mensagens, curta os compartilhamentos e responda os comentários.

Você também pode criar enquetes e sorteios para gerar mais compartilhamentos e curtidas na sua página.

E uma ótima forma de ganhar mais seguidores é oferecer conteúdos sobre assuntos conhecidos e comentados entre seu público.

Se não possui tempo para se dedicar às redes sociais, contrate uma empresa para gerenciar suas redes sociais. É um investimento que vale a pena!

6) Não usar tecnologia

Muitos empreendedores resistem em usar tecnologia na gestão de buffets. Este é um erro grotesco, não cometa esse falha!

Gerenciar um buffet sem usar tecnologia significa parar no tempo e ficar atrás dos seus concorrentes. E você não quer que isso aconteça, certo?!

Com a Oniplataforma, por exemplo, você tem total controle da área financeira do seu buffet.

Isso porque a plataforma realiza a gestão de faturas, faz cobranças automáticas, gera relatórios de faturamento e elabora a previsão de caixa.

Além disso, ela gerencia a sua agenda para que você não perca nenhum evento, além de programar seu estoque de produtos e organizar sua equipe de funcionários.

Não resta dúvida, usar uma plataforma para administrar seu buffet contribui para a qualidade da prestação dos seus serviços e é uma ótima solução para acabar com toda a pressão e aumentar seu faturamento.

Agora é que você já sabe quais erros deve evitar na gestão de buffets, que tal colocar seu conhecimento em prática?

E se você desejar receber mais dicas para seu buffet, e saber como aumentar ainda mais a qualidade dos serviços prestados pela sua empresa, continue acompanhando todas as novidades e dicas que no nosso blog!

E siga-nos no Facebook e no Instagram para não perder nenhuma novidade.

Ericka Araújo

About Ericka Araújo

Jornalista apaixonada por séries, filmes, café e uma boa prosa. Quando não está escrevendo, está comendo e, as vezes faz as duas coisas ao mesmo tempo.

Leave a Reply