Tempo de leitura 4 minutos

Nem é preciso dizer que a Covid-19 tem deixado o mundo instável desde o começo do, inclusive a saúde mental das pessoas. E isso não é bom!

Era para ser uma quarentena, porém, meses se passaram e muitas pessoas estão cansadas de ouvir e falar sobre pandemia, coronavírus e isolamento social.

Com esse cenário se estendendo mais do que deveria, a saúde mental é abalada de diferentes formas. E, assim, a ‘conta emocional’ deste ‘provisório que se tornou permanente’ começa a chegar.

Em um mundo instável onde muitas expectativas foram quebradas e sonhos replanejados, pode ser difícil se encontrar.

Por isso, este post tem como objetivo ajudar gestores a vencer os desafios que surgirão no cenário pós-pandemia.

Para isso, conversei com a psicoterapeuta Sabrina Amaral, que listou cinco estratégias para lidar com os desafios que essa nova realidade pode apresentar.

A psicoterapeuta relata que pessoas que nunca fizeram terapia estão em um estado de apatia, angústia, congelamento e não têm energia para sair da cama algumas vezes.

Com isso, podem desenvolver sintomas de deficit de atenção, insônia, problema de memória, irritabilidade fora do normal, distúrbios de apetite. Sem mencionar as que já estavam em acompanhamento psicológico e tiveram recaídas profundas.

Continue lendo o post e saiba cinco estratégias!

1) Aproprie-se de quem você é

Este é um caminho de protagonismo, de se assumir por inteiro nas coisas que fazem de você e do seu negócio algo único. Aquilo que seu buffet tem de mais diferente é o que o torna especial.

É agir de acordo com a frase de Oscar Wilde: “Seja você mesmo, todos os outros já existem”. Em um primeiro momento, pode parecer uma frase clichê de autoajuda, mas ela é muito verdadeira.

Para isso, analise qual o diferencial do seu buffet e invista nele no período pós-pandemia. Por exemplo, se seu negócio oferece um cardápio especial para pessoas intolerantes à lactose, você pode investir em publicidade e divulgar seus serviços.

2) Analise-se para se conhecer melhor

Sócrates dizia que uma vida que não é analisada não merece ser vivida.  O autoconhecimento te fortalece, então coloque sua atenção em suas escolhas e em suas ações.

Crie o hábito de perguntar-se: “Aquilo que estou fazendo hoje pelo negócio tem coerência com o que eu quero criar para meus clientes?”.

Olhe para aquilo que seu negócio tem no momento e escolha o novo normal que você quer construir com base naquilo que faz sentido para seu buffet e para seus clientes.

3) Assuma o controle

Essa dica tem a ver com ação, com escolher tomar uma atitude nas coisas que estão no seu controle. Isso é um antídoto para sensação de angústia, de travamento ou impotência.

Boa parte das pessoas não age pois vive no futuro ou fica presa ao que os outros vão pensar e até as projeções negativas que ela faz do que pode dar errado.

Olhe para o presente, identifique as pequenas ações que você pode tomar agora e que dependem só de você.

Por exemplo: está com receio que seu negócio seja fechado? Veja o que está no seu controle.

Você pode, por exemplo, se atualizar com as novidades do setor, fazer um curso sobre gestão de buffet, pedir feedbacks dos seus clientes por meio de uma pesquisa de satisfação e trabalhar na sua marca pessoal nas redes sociais. Isso vai te trazer tranquilidade, segurança e harmonia.

4) Aceite-se e seja grato

Aceitação é entender que você tem pontos fortes e pontos fracos. É ser generoso consigo mesmo para compreender que cada um tem um tempo emocional para lidar com as coisas.

O grande benefício que isso traz é: a libertação da necessidade de validação do olhar do outro. Pois quando eu me aceito como sou, já não preciso mais que o outro me aprove para eu me sentir bem.

Com isso, os relacionamentos se tornam mais leves e até a convivência em casa fica mais fácil, porque matamos as expectativas irreais que temos em relação a nós mesmos, eliminamos o poder que o outro possui para definir a nossa felicidade ou a nossa condenação.

Na prática, como gestor de um buffet ou de uma casa de festas, você deve entender que o cenário pós-pandemia é um período atípico. Ou seja, tudo é novo!

Com isso, você deve compreender que todos do setor de festas estão enfrentando dificuldades, principalmente devido à suspensão de eventos. Então, é importante ser grato por cada cliente que não cancelou a festa e acreditar que dias festivos estão por vir!

5) Arrisque naquilo que você acredita

Depois que você se apropriou de quem você é, analisou o que é importante pra você, assumiu aquilo que está no seu controle, aceitou-se como você é, chega a hora de arriscar.

Para isso, é preciso que você esteja disposto a fazer coisas diferentes, ter a coragem para experienciar esta trajetória do novo, que dá frio na barriga.

Afinal, como Einstein já dizia ‘loucura é fazer a mesma coisa sempre e esperar um resultado diferente. Então é importante usar toda a sua criatividade para inovar no seu negócio.

Agora é momento ideal para desengavetar aquele plano B. É hora de se planejar, de se preparar e de se fortalecer para conquistar mais clientes e realizar mais festas.

Dica da Oni

Com o objetivo de auxiliar os gestores de festas, eu bati um papo com vários gestores de buffets e casas de festas que compartilharam o que eles têm feito para lidar com a quarentena. Quer saber mais? Então leia agora o post “Saiba como os buffets estão lidando com a quarentena“.

Além disso, a Oni lançou o Combo Retomada, que oferece o pacote que você precisa para retomar as atividade do seu buffet com sucesso!

Ericka Araújo

About Ericka Araújo

Jornalista apaixonada por séries, filmes, café e uma boa prosa. Quando não está escrevendo, está comendo e, as vezes faz as duas coisas ao mesmo tempo.

Leave a Reply